Archives: Como aprender inglês?

Falar em Inglês e Pensar o Tempo Todo

Tentar Pensar e Falar em Inglês o tempo todo, essa é a melhor forma de fixar o idioma em seu cérebro, aconselham os professores aos seus alunos. 

 Mas Pensar e Falar em Inglês,  Funciona?

 Acredito que isso funciona, sempre que passo muitas horas estudando e depois saio para fazer uma outra atividade, eu tento manter aquela “voz interna” falando em Inglês, isso me ajuda muito. Pensar em inglês!

 Essa história de voz interna parece coisa sobrenatural, mas pode ficar tranquilo que eu não vou começar a falar de fenômenos paranormais.

 Quando digo voz interna, refiro-me àqueles comandos internos que nossa mente dá ao corpo antes de executar alguma tarefa.
 Por exemplo, quando a gente acorda segunda-feira de manhã e ainda está morrendo de sono, qual é o primeiro pensamento que vem à mente, ainda antes de sair da cama?
 
 Provavelmente é um “putz eu tenho que levantar agora. Ninguém merece”. Ao invés de pensar em Português tente pensar e falar em Inglês: “what the hell, I have to wake up now. Nobody deserves it”.
 É claro que o exemplo acima é só pra descontrair um pouco, mas e ideia é exatamente esta.  
 Comece a exercitar a sua mente pensando sempre em Inglês, ou pelo menos o máximo de tempo possível. Ao invés de pensar “eu estou subindo as escadas” pense “I’m going up the stairs”.
 Como sua mente vai rapidamente se acostumar a pensar no idioma que está aprendendo, em pouco tempo você vai começar também a sonhar e a falar em Inglês, e isso é sinal de que você está a um passo da tão sonhada fluência. 
 

Como Pensar e Falar em Inglês o Tempo Todo

 

 Você sempre vai passar por quatro fases de aprendizado. Pelos quatro estágios da competência. Isso acontece com TUDO que a gente aprende na vida, e também com os idiomas.

 Vamos analisar essas quatro fases:
 
Pensar e Falar em Inglês.Incompetência inconsciente
 
 Antes de começar a aprender uma nova habilidade, você é incompetente. 
 Em termos de idiomas, isso significa que a única coisa que você percebe sobre uma língua estrangeira é a seguinte: Você não a fala. Mas você não tem nem ideia da gramática, por exemplo.
 Você nem sabe dos desafios ainda. Além de não saber a gramática, você nem sabe de todas as coisas que você não sabe. O caminho está completamente na escuridão. Como Pensar e Falar em inglês?.
 
Incompetência consciente
 
 Uma vez que você começar a estudar o novo idioma, você percebe que há muito a aprender. Mais do que pareceu à primeira vista.
 De repente você está dolorosamente consciente de que não é apenas uma questão de aprender algumas palavras. Há preposições e pronomes e substantivos e adjetivos e subjuntivos e tempos e conjugações. E um milhão de outras coisas diferentes.
 O caminho à frente já não está mais na escuridão. Mas quando a gente percebe que o progresso é rápido e que a gente está chegando perto de atingir a nossa meta, é muito mais fácil ficar motivado.
 Mas não se preocupe. É só tomar esse caminho em pequenos pedaços – assim você chega lá, e rapidamente.
 
Competência consciente
 
 Depois de praticar a língua por um tempo, você começa a melhorar bastante. Você está aprendendo cada vez mais palavras, você está começando a formar frases, e você já pode entender o que as pessoas estão falando.
Você pode até escrever e-mails numa língua estrangeira, e ler livros. E talvez você até já esteja começando a manter uma conversa.
 E toda a sua concentração, você provavelmente está pensando em português ainda, e traduzindo cada pensamento na língua estrangeira, mas brevemente vai começar a pensar em inglês.
 
Competência inconsciente
 
 Se você continuar os seus estudos neste momento, você vai ficar tão fluente e tão hábil que você pode fazer tudo certo. Sem sequer ter que pensar. Agora você está competente. Mas você já se tornou inconsciente do que você está fazendo.
 E olha, você já atingiu este nível na sua língua nativa: Quando você fala português, você utiliza as preposições corretas, sem sequer pensar nas regras.
O caminho está na escuridão novamente, que nem no início. Mas dessa vez, você o conhece tão bem que você pode caminhar com os olhos vendados. Sem problema.
 Quando você chega neste ponto, você começa a pensar e a falar em inglês ou na língua estrangeira em vez de traduzir mentalmente. A partir deste momento, você também começa a sonhar na língua estrangeira. Este é o último nível de habilidade: a competência inconsciente.

Finalizando

 
 E a maneira de avançar de uma fase para a próxima é simples: REPETIÇÃO!
 Como os americanos dizem: “repetition is the mother of skill” – a repetição é a mãe das habilidades. E isso é o motivo porque é tão importante fazer exercícios que treinam as mesmas habilidades várias vezes.
 
 É só isso por hoje, e no próximo artigo, vou explicar como você pode aplicar esse conhecimento aos seus estudos da gramática. Assunto que assusta muita gente, mas que pode ser bem mais simples do que você provavelmente imagina!

Fonte: www.blogs.transparent,com/ingles/2013/03/26/ficar-fluente-e-mais-facil-do-que-voce-imagina/

Pbenglish+